Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas notícias > Londrina recebe a doação de 200 Kits de EPIs para profissionais da saúde
Início do conteúdo da página

Londrina recebe a doação de 200 Kits de EPIs para profissionais da saúde

  • Última atualização em Segunda, 20 de Abril de 2020, 10h21
  • Acessos: 630

Kit contou com máscaras, toucas, protetores para os pés e aventais estéreis, que são essenciais para o trabalho na área da saúde

 
EPIs doacoes Saude Divulg P
 
Para ajudar no combate ao coronavírus, os empresários da cidade estão intensificando as doações de produtos essenciais para os profissionais de saúde. Um exemplo disso foi a doação de 200 unidades de kits de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) feita pela Indústria e Comércio de Produtos Médicos e Odontológicos Ltda (INDUSBELLO) à Prefeitura de Londrina. Em cada Kit havia dois aventais estéreis, máscara, touca, gorro, protetores para os pés e quatro toalhas absorventes.
 
EPIs doacoes Saude Divulg 3

A empresa, que recebeu do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (CODEL) a doação de um terreno no Parque Tecnológico, se sensibilizou com a demanda e a procura que a Prefeitura de Londrina tem feito para adquirir EPIs para os hospitais e às Unidades Básicas de Saúde (UBS). Segundo o diretor da Indusbello Company, Leonardo Beni, a empresa contava com alguns produtos em estoque e decidiu ajudar após saber da necessidade do município desses equipamentos. “Nós utilizamos os kits, com touca, máscaras, propés e aventais, na área odontológica e tínhamos um estoque. Vimos nas reuniões do segmento, como a do Ecossistema de Inovação, que a procura estava grande e como esses EPIs podem ser utilizados também no ambiente hospitalar, decidimos doá-los ao município de Londrina”, afirmou Beni.

Os produtos contidos em cada Kit são essenciais para o trabalho na área da saúde. Em valores de mercado, a doação custaria em torno de R$ 7 mil. A  farmacêutica e assessora técnica da Secretaria Municipal de Saúde, Daniele Zampar, explicou que apesar de as compras municipais estarem dentro do prazo e serem feitas com agilidade, as doações sempre são bem-vindas porque vêm somar aos produtos necessários para os profissionais. “Muitas das doações nos ajudaram a equipar mais servidores da área da saúde e estavam dentro dos critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde  para os atendimentos à população. Essa doação, por exemplo, foi destinada aos profissionais das Unidades de Pronto Atendimento, ao Pronto Atendimento Infantil e para as seis unidades respiratórias”, disse. 

EPIs doacoes Saude Divulg 1

As seis UBSs que estão sendo consideradas como apoios para atendimentos exclusivos de suspeitos de Covid-19 são chamadas unidades respiratórias. São elas: UBS do Guanabara, da Vila Ricardo, do Ouro Branco, do Chefe Newton, do Bandeirantes e do Maria Cecilia.  Segundo o presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (CODEL), Bruno Ubiratan, o Município de Londrina tem recebido doações de diversas empresas, seja por meio de alimentos como através de equipamentos e produtos para os profissionais da saúde. “É muito bom podermos contar com as doações das empresas, porque uma incentiva a outra a ajudar o Município de Londrina, que tanto precisa nesse momento de enfrentamento da pandemia do Coronavírus”, disse.  

 

foto equipePDIA empresa doadora dos EPIs também se colocou à disposição da Prefeitura de Londrina com uma impressora 3D e, se necessário, fará adequação de sua linha de produção para produzir álcool em gel 70%. A doação dos produtos foi realizada no dia 2 de abril e contou com o intermédio da Secretaria Municipal de Gestão Pública. “A colaboração das empresas de Londrina, em um momento tão complexo como esse, motiva a administração e mostra a mobilização privada como fundamental. Quando uma empresa decide doar recursos, equipamentos e materiais à Prefeitura, o que ocorre automaticamente é a ampliação da capacidade de atendimento do poder público à população”, disse Fábio Cavazotti, secretário municipal de Gestão Pública. “É a solidariedade expressa de forma concreta”,frisou.

Outras empresas que queiram ajudar o Município de Londrina podem entrar em contato com a CODEL, pelo 3379-2300 e com a Secretaria de Gestão Pública pelo 3372-4354 e, ainda, com Marcelo Frazão pelo 99141-1750 ou com Denise Bertini pelo 99102-4080.

Outras informações podem ser obtidas com o presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (CODEL), Bruno Ubiratan, pelo 3379-2300,  secretário municipal de Gestão Pública, Fábio Cavazotti, pelo 99995-1900 e com o Diretor da Indusbello Company Leonardo Beni, pelo 98834-0494.

registrado em:
Fim do conteúdo da página