Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Epidemiológica
Início do conteúdo da página

Vigilância Epidemiológica

Última atualização em Quarta, 13 de Outubro de 2021, 12h29 | Acessos: 49580

Índice de Artigos

 

INSTRUÇÕES PARA CONCESSÃO DO CERTIFICADO INTERNACIONAL DE VACINA PARA A FEBRE AMARELA - CIVP- AMS/LONDRINA-PR

Recomenda-se previamente a vacina contra a febre amarela com no mínimo 10 dias de antecedência da viagem, em conformidade com a política de vacinação nacional.

A vacina da febre amarela pode ser aplicada a partir de 9 meses de idade, em todas as Unidades Básicas de Saúde do Município;

EMISSÃO DO CIVP PELO SITE DA ANVISA - Realizar o cadastro prévio pelo Site da Anvisa (https://www.gov.br/pt-br/servicos/obter-o-certificado-internacional-de-vacinacao-e-profilaxia) e imprimir o certificado após o prazo de 10 dias, estipulado pela anvisa para disponibilização do Certificado.

LOCAL PARA EMISSÃO DO CIVP EM LONDRINA - Centro de Orientação ao Viajante (COV)/Diretoria de Vigilância em Saúde/Secretaria Municipal de Saúde de Londrina. Obrigatório realizar o cadastro prévio no site da Anvisa (https://www.gov.br/pt-br/servicos/obter-o-certificado-internacional-de-vacinacao-e-profilaxia)

ENDEREÇO: Rua Attílio Octávio Bizatto 480, Vila Sian – CEP 86039-395 (Atrás do Shopping Boulevard com acesso pela Avenida Celso Garcia Cid, ao lado da sede do SAMU) -  Telefone: 3372-9400  

         

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO:  8 às 13 Horas -  Segunda à sexta feira.

Leia mais:

Organização Mundial de Saúde
Regulamento Sanitário Internacional
OMS - CIVP - Lista de Países
Nota Técnica nº 06/07 - DEVEP/SVS/MS




Emissão do Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia - CIVP

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS:

  • Apresentação de original do documento oficial de identificação (documento com foto – RG, CNH OU PASSAPORTE);
  • Para menores de idade que não tenham RG, será aceita a certidão de Nascimento;
  • Apresentação da Carteira de Vacinação contendo as seguintes informações: vacina/ data e lote, assinatura do profissional e identificação da unidade de saúde que aplicou a vacina.
  • O cliente deve realizar o pré cadastro no site da ANVISA, antes de procurar o COV, no endereço htpp://www.anvisa.gov.br/viajante, procedimento que agiliza o atendimento e a emissão do Certificado Internacional de Vacina;
  • A população indígena que não possui documentação está dispensada da apresentação de documento de identidade.

OBSERVAÇÕES:

  • A emissão do Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia – CIVP, está condicionada à assinatura do viajante, no ato da emissão, sendo imprescindível sua presença, ou seja, o certificado internacional somente é emitido na presença do viajante.
  • Os pais de menores ou tutores, bem como os curadores, poderão solicitar a emissão do certificado para os mesmos, mediante apresentação dos documentos citados acima;
  • Não serão aplicadas vacinas no centro de atendimento. 
  • No caso de residentes no município de Londrina ou em municípios próximos, deverão entrar em contato com o posto da ANVISA de Maringá/PR ou em qualquer outros posto da ANVISA, para emissão do CIVP.

Para casos em que a vacinação ou a profilaxia for contra-indicada, deverá ser emitido o Atestado ou Certificado de Isenção de Vacinação e Profilaxia. A emissão deste certificado pode ser realizada por um profissional médico ou por um Centro de Orientação ao Viajante. Quando emitido por profissional médico, deverá ser utilizado o modelo de atestado médico específico, disponível abaixo, observando-se:

  1. Preenchimento completo e de forma legível dos dados;
  2. Identificação do profissional médico e do local onde for efetuado o atendimento;
  3. Parecer médico de contra-indicação de vacinação ou profilaxia.

Modelo do Formulário de Isenção de Vacinação e Profilaxia

Os Centros de Orientação de Viajantes credenciados para emissão do CIVP poderão chancelar os atestados médicos de contra-indicação que estejam escritos em outros idiomas ou, caso o atestado médico não atenda ao solicitado, emitir um Certificado de Isenção.

Leia mais:
Site da ANVISA - CIVP

Fim do conteúdo da página